Entenda como identificar os custos invisíveis na sua empresa

Gerenciar custos faz parte da rotina de toda empresa que deseja crescer e ganhar mercado. Afinal de contas, os gastos rotineiros envolvem desde as questões mais simples – como o café oferecido aos colaboradores – até as mais complexas, como a logística, mão de obra e locação de espaço. Todos esses pontos influenciam diretamente no faturamento final da companhia.

Porém, neste contexto, vale ressaltar que existe uma gestão de custos além do que está na superfície do dia a dia de uma companhia. Tratam-se dos custos invisíveis, que são de difícil identificação, mas que podem se tornar altamente perigosos para os resultados finais da empresa.

Por isso, confira abaixo mais informações sobre o assunto e como você pode se proteger deles:

Em primeiro lugar, vale ressaltar que esses gastos não aparecem nos relatórios, análises ou orçamentos gerais da empresa. Por conta disso, sempre é difícil planejá-los ou controlá-los. E, justamente por esse motivo, acaba não sendo possível atribuí-lo a algum funcionário.

Esse tipo de fenômeno pode ocasionar impedimentos para a lucratividade da companhia. Além disso, tudo o que não possui nenhum tipo de controle pode causar problemas mais sérios a longo prazo.

Ficou curioso para saber em quais casos podemos encontrar custos invisíveis? Continue lendo! Leia Mais

A influência das estações do ano nas vendas do e-commerce

Sem dúvida, lidar com a sazonalidade é um dos principais desafios dos empresários. Afinal de contas, dependendo da época do ano, os hábitos de consumo variam, e caso a loja não esteja preparada, os prejuízos são inevitáveis.

Para driblar isso, comece o ano de olho no calendário de comemorações e estações. Primavera, verão, outono e inverno causam um grande impacto nas vendas, não somente de roupas – como biquínis, sungas e malhas – mas também no setor de cama, mesa e banho, artigos de esporte, calçados, entre outros.

Quem trabalha com e-commerce, ainda enfrenta o desafio de lidar com uma alta quantidade de produtos no estoque, capazes até mesmo de prejudicar as novas vendas e a logística total do negócio.

Abaixo, você encontrará algumas dicas que irão te ajudar a reverter a sazonalidade, assim, o desenvolvimento da sua loja será favorecido. Veja só: Leia Mais

Self storage: melhor solução para acervos de antiquários

Antiquário pode ter algumas definições diferentes, mas, de maneira geral, sua etimologia indica o termo “antiqua”. Por isso, não fica tão difícil relacionar com a palavra antigo, ou arcaico e até mesmo antiquado.

Os bons antiquários abrigam produtos de alta qualidade, muitas vezes fabricados com madeiras nobres, metais preciosos, cerâmica e até mesmo pedras como, rubis e esmeraldas. Geralmente, a conservação dos produtos é excelente e é possível adquiri-los para realizar uma decoração especial em casa.

Dessa forma, itens como castiçais, chapeleiras, baús e cristaleiras – que hoje em dia não fazem parte mais do nosso uso diário – são vendidos para os admiradores do bom gosto e requinte das gerações passadas. Leia Mais

Entenda a relação entre Logística e Self Storage no e-commerce

As lojas virtuais, também conhecidas como e-commerces, já fazem parte da vida de milhões de brasileiros. Afinal de contas, são alternativas que se destacam pela sua facilidade e conforto na hora de realizar um pedido.

No entanto, o usuário não consegue imaginar tudo o que envolve o processo completo de um negócio como esse. Além da construção de um site seguro, é preciso pensar em diversas questões relacionadas ao estoque e à logística de entregas.

Nesse ponto, muitos empresários falham e por isso não é incomum ouvirmos reclamações de clientes que compraram produtos e não receberam, ou que tiveram as compras entregues em uma data muito além da que estava prevista. Leia Mais