Guarda Móveis | Guarda Tudo | Guarda Documentos | Guarda Estoque

24 anos | Acesse seu box 7 dias da semana

Blog

Artigos com dicas e informações para uma melhor armazenagem

Pessoa usando um tablet em estoque de loja. Imagem ilustrativa para texto custos de estoque.

Entenda como funcionam os custos de estoque e como calculá-los

Você sabe o impacto dos custos de estoque? Independente do setor de atuação, toda empresa precisa ter conhecimento sobre os custos de estoque. Manter o controle sobre esse setor é essencial para reduzir os gastos excessivos.

Portanto, é necessário calcular o estoque do negócio de uma maneira adequada. E para isso é preciso levar em consideração alguns fatores como: armazenagem, processamento e falta de mercadorias.

Por isso, ter organização e metodologia eficaz para compreender todo processo é importante para a empresa. 

Diante disso, a Storage Guarda-Tudo preparou esse artigo exclusivo. Quer saber mais como calcular custos de estoque? Acompanhe esse conteúdo conosco. Boa leitura!

Afinal, o que são custos de estoque?

índice

Primeiramente, entenda que o custo de estoque abrange fatores distintos dentro de um negócio, que influenciam diretamente nos processos de produção, armazenamento e distribuição.

Em resumo, o custo de estoque pode ser entendido como um cálculo que envolve diversos custos de uma empresa

Ou seja, o custo de estoque é uma medida administrativa que realiza um cálculo a partir do investimento de capital, armazenagem, tributação, dentre outros gastos.

Como é feito o cálculo? A fórmula usada para realizar esse cálculo é conhecida como CMV – Custo de Mercadoria Vendida

Antes de mais nada, saiba que esse cálculo é essencial para as projeções financeiras de toda organização. Isso porque o CMV vai além de cálculos contábeis tradicionais.

Funcionários conferindo produtos disponíveis em loja. Imagem ilustrativa para texto custos de estoque.

Qual a função dos custos de estoque?

O custo de estoque é um cálculo que ajuda na determinação da margem de lucro do negócio, possibilitando uma organização financeira mais eficaz.

Nesse sentido, entenda que um guarda estoques pode ajudar na armazenagem, organização e sincronização da relação suprimento e demanda. Assim, ao criar essa sincronia, há uma série de vantagens para a empresa. 

Por exemplo, ajuda na otimização do tempo entre compra, transporte e repasse de mercadoria até o consumidor final. Dessa forma, a empresa consegue garantir aumento na produtividade.

Os tipos de custos de estoque e como funcionam 

Quais são os tipos de custos de estoque? Para deixar mais claro para você, a Storage Guarda-Tudo separou os mais vistos nas empresas. Confira alguns detalhes sobre cada um deles abaixo!

Custo de pedido

O custo de pedido, também conhecido como custo de reabastecimento de estoque, é feito exatamente para suprir novas demandas

O que contabilizar nele? Nesse custo de estoque precisam ser contabilizadas as taxas, gastos administrativos e também custos de logística, como transporte. 

Custo de armazenagem e manutenção 

O custo de manutenção de estoque inclui despesas com o espaço de armazenamento, como aluguel, água, energia, maquinário e IPTU. 

No entanto, também envolve elementos pontuais que podem influenciar na operação, como furto, perda, dentre outros.

Além disso, vale lembrar que nessa equação a empresa precisa incluir também custo de estoque parado. Assim, a soma será completa e fica mais fácil compreender a realidade da empresa, fazer uma listagem de todos os produtos e colocar no inventário de estoque.

Custo de falta de estoque

Como o próprio nome indica, o custo da falta de estoque é aquele relacionado a tudo que a empresa não conseguiu produzir para atender a demanda pelos seus produtos.

Em outras palavras, é o que a empresa perde por não possuir mercadoria suficiente no estoque para entregar ao consumidor final. Nesse custo é necessário incluir custos de atraso e custo de vendas.

Custo de risco

Também chamado de custo de depreciação, o custo de risco está relacionado com produtos que não podem mais ser comercializados devido a danos que tiveram durante o armazenamento.

Por isso, vale destacar que em caso de produtos danificados, normalmente são descartados ou vendidos por um preço bem inferior. Esse custo pode ser fundamental para empresas que trabalham com produtos perecíveis.

Custo de serviço

O custo de serviço é aquele que possui relação direta com toda mão de obra usada na operação e produção da mercadoria. Seja essa mão de obra feita de maneira direta ou indireta.

Por exemplo, estoquistas, profissionais de limpeza, segurança, dentre outros.

Saiba como calcular o custo de estoque

Para calcular o custo de estoque, é necessário utilizar a fórmula de CMV – Custo de Mercadoria Vendida. Pode ser feito da seguinte maneira: CMV = EI + C – EF

Qual o significado das siglas? As siglas são bem fáceis de compreender, veja:

  • EI: Estoque Inicial;
  • C: Compras feitas dentro do período de análise;
  • EF: Estoque Final. 

No entanto, há outra forma de calcular o custo de estoque, realizando a soma de seus tipos. Caso escolha essa maneira, a fórmula precisa ser feita assim:

Custo total de Estoque = Custo do pedido + Custo total de ajuste + Custo de estocagem

Por fim, entenda: O custo de estoque e custo de armazenagem estão inclusos nesta equação e os outros tipos de custos podem e precisam ser incluídos nesse cálculo.

Pessoa organizando estoque. Imagem ilustrativa para texto custos de estoque.

Como diminuir custos de estoque? 

Quer gastar menos com estoque? A melhor iniciativa para conseguir reduzir custos de estoque é ter um bom planejamento. Dessa forma, a empresa consegue antecipar ocorridos da maneira mais precisa possível, gerando mais fluidez para o processo. 

Por isso o planejamento é a base, com ele o fluxo de trabalho fica mais eficiente. Isso porque a empresa será mais precisa para aproveitar os recursos e reduzir o surgimento de obstáculos.

Com o nível de estoque adequado, todos os colaboradores da empresa conseguem trabalhar com mais eficiência. Ou seja, consegue atingir as metas, ter mais organização, suprir a demanda inicial e, além disso, aumentar a lucratividade do negócio.

Por essa razão, muitas empresas buscam métodos para reduzir custos relacionados ao estoque. Existem diversas maneiras de reduzir esses custos. Por exemplo:

  • Tomar decisões integradas;
  • Aproveitar estoques parados;
  • Acompanhar e metrificar a produtividade;
  • Software de gestão. 

Soluções práticas para armazenagem de estoque? Conheça a Storage Guarda-Tudo

Agora que você acompanhou a leitura desse artigo, certamente já sabe o que são os custos de estoque e qual a importância de calculá-los. Como você pôde notar, reduzir esses custos e manter o estoque com nível adequado garante uma série de vantagens para a empresa.

No entanto, para isso é importante encontrar uma empresa especializada em armazenamentos de mercadorias, como a Storage Guarda-Tudo

A Storage oferece uma variedade de soluções para empresas e gestores que não querem se preocupar com espaço físico. Além disso, com a possibilidade de ter acesso ilimitado a esse estoque, com exclusividade e segurança 24 horas.

Tudo sem burocracia, com contratos mensais acessíveis e flexíveis. Venha fazer um orçamento com a gente e encontre a solução que se adeque à sua necessidade. Esperamos seu contato!

Por fim, não poderíamos deixar de convidar você para conhecer o Blog da Storage Guarda-Tudo. Nele você terá acesso a conteúdos exclusivos sobre armazenamentos de mercadorias, logística e muito mais!

store dark store fale conosco

Whatsapp_button

Olá!,👋 Como posso ajudar?

Escolha uma unidade:

X « voltar
  • São Paulo
  • Rio de Janeiro
  • Campinas
    Ligamos para você
    X
    Popup Storage Guarda Tudo

    Cadastre-se e
    receba um material
    exclusivo sobre
    Self-Storage

    Preencha esses dois campos
    abaixo e receba seu material.
    É rapidinho!